.

.

Falling in love - Capitulo 19



Não se sente sozinha?






                                             
                                                    Harry P.O.V'S

Quando o dia seguinte chegou, eu queria apenas dar um jeito de prolongar esses momentos de paz que tenho deitado em minha cama, olhando o teto. Fui a uma reunião com Simon, não falamos muita coisa sobre Seunome, mas falamos o suficiente para me lembrar do beijo e me deixar irritado. Eu odiava pensar na boca daquela garota na minha, odiava pensar nela que não fosse esganando-a, eu a odiava, odiava de não suportar aquele jeito confiante e idiota dela.
Decidi que iria almoçar com minha mãe e Gemma hoje, já que meu padrasto tinha ido viajar, e eu devia uma visita a minha mãe. Fui recebido pelo cheiro familiar da lasanha de minha mãe, e fui seguindo o cheiro até a cozinha, onde encontrei mamãe e Gemma. Mamãe abriu um sorriso largo e iluminado quando me viu puxar uma cadeira e me sentar a mesa.

Anne: Que bom que você veio meu bem - Ela colocou um prato com um pedaço enorme de lasanha em minha frente -
Gemma: Só vem para comer - Riu - Fiquei sabendo do seu namoro - Sorri forçado - Sempre achei que você fosse gay.
Anne: Gemma! - Mamãe a repreendeu -
Eu: Também achei que Greg era gay, agora tenho certeza - Abri um sorriso forçado para ela -
Anne: Harry! - Me repreendeu - Chega vocês dois!
Gemma: Ele é mais homem que você - Sussurrou e minha mãe fez cara feia -
Anne: Como os meninos estão? - Comeu um pedaço de lasanha-
Eu: Bem - Comi -
Anne: E a Seunome? - Ela me encarava -
Eu: Está ótima - Sorri forçada -

Depois de alguns minutos em silêncio, meu celular vibrou e eu abri a mensagem de Seunome.

" Minha mãe quer conhece-lo. Precisamos ir vê-la ainda esse mês, então separe suas roupas de verão, pois vamos ao Brasil."

Uau, Brasil. Fiquei animado com a ideia de ir ao Brasil apesar da companhia, respondi:

" Vai ser ótimo!! Tenho 5 dias livres no fim do mês, está bom?"

Ela respondeu que sim, e quando voltei meu olhar para cima, minha mãe e Gemma me encaravam.

Anne: Nada de celular na mesa - Ela estava séria -
Eu: Desculpe - Comi o resto da comida - Acho que vou ao Brasil no fim do mês.
Anne: Pra? - Perguntou confusa -
Eu: Conhecer a mãe de Seunome - Minha mãe sorriu -
Gemma: Uau, o negócio tá sério mesmo.
Eu: Pois é - Me levantei -
Anne: Já vai? 
Eu: Preciso ir em Seunome ainda - Minha mãe sorriu -
Gemma: Usem camisinha
Eu: Engraçadinha 

Me levantei e fui até minha mãe, dei um beijo no topo de sua cabeça.

Eu: Prometo que não demoro a aparecer - Ela sorriu -
Anne: Espero - Sorri -
Eu: Tchau bicho - Baguncei o cabelo de Gemma -
Gemma: Vá se ferrar - Eu ri -


Sai da casa de minha mãe, e fui direto para a casa de Seunome, afim de saber mais sobre a viagem, confesso que estava animado, seria ótimo conhecer algumas brasileiras. Estacionei na frente da casa de Seunome e toquei a campainha, a Seunome que me atendeu era muito diferente da que eu já havia visto, ela usava uma camiseta e um short que deixava suas pernas a vista, estava descalço e com o cabelo preso em um rabo de cavalo, parecia uma menininha.

Seunome: O que é? - Ela estava de braços cruzados -
Eu: Precisamos conversar - Ela revirou os olhos -
Seunome: Fala - Se encostou na porta -
Eu: Seria bom se me convidasse para entrar.
Seunome: Entra logo - Bufou -

Nem perdi tempo observando como era casa, não gostava da ideia de ter em mente, algo que fosse dela. Me sentei no sofá e ela se sentou ao meu lado.

Eu: É sobre a viagem - Ela pareceu relaxar - Dia 25 está bom?
Seunome: Sim - Ela não parecia animada com a ideia - Falei com Simon, ele achou ótimo.
Eu: Tudo bem.

Ficamos em silêncio, enquanto eu observava Seunome brincar com seus dedos. A casa parecia impecável de tão limpa, tentei, mas acabei reparando no lugar, parecia calmo, vazio, e bem decorado.

Eu: Você mora aqui sozinha? - Ela me olhou confusa -
Seunome: Bom, por enquanto sim - Foi minha vez de olhar confuso - Moro com uma amiga, mas ela ta doente e foi morar com os pais, mas depois volta.
Eu: Sei - Ela me olhava estranhando - Não se sente sozinha?
Seunome: Porque o interesse?
Eu: Sente ou não?
Seunome: Sim - Ela abaixou a cabeça - Mas, logo menos ela ta ai.
Eu: Hmm - Pensei - Se precisar de companhia, pode me chamar - Harry, você disse isso? -
Seunome: Você está bem? - Ela estava confusa -
Eu: Estou - Estava? -
Seunome: Tudo bem - Concordou desconfiada - É só isso?
Eu: Bom, sim.
Seunome: Então pode ir 
Eu: Sempre delicada - Me levantei -
Seunome: Você sabe aonde é a saída.
Eu: Me leva até a porta cara, seja mais educada - Ela riu -
Seunome: Vem logo - Eu ri enquanto a seguia até a porta -

                                         [...]

Quando cheguei em casa, minha vontade era de dormir o resto do dia, eu me sentia cansado apesar de não ter feito nada cansativo.

Recusei o convite de Zayn para irmos beber em um bar novo, não tava afim de beber, então mandei mensagem para Wila (A ruiva que eu comia), chamei-a para vir aqui em casa essa noite, uma noite de sexo seria ótimo, e é claro que ela aceitou.
Assisti jogo na tv enquanto bebia refrigerante. Xinguei alguns jogadores que sismavam em fazer merda o jogo inteiro e queriam compensar no final, por isso eu odiava ficar sem fazer nada, porque sempre acabava comigo xingando jogadores em frente a tv.
Quando o juiz apitou o inicio do segundo tempo, eu desliguei a tv, e automaticamente veio a imagem do beijo de ontem, e eu tive vontade de socar minha cara por isso.

                                  ...

Eu ofegava quando sai de dentro de Wila, agradecendo a Deus por ter conseguido gozar depois de tanto esforço. A verdade é que o sexo não foi prazeroso para mim, eu estava distraído, quanto mais eu estocava, mais errado aquilo parecia, eu não tinha nada com Wila, mas não queria fingir que dentro de mim estava tudo igual. Essa foi a primeira vez que esse momento pareceu errado.

Wila: Adoraria te fazer gozar de novo - Passou a mão em meu peito -
Eu: Sabe o que é? - Afastei suas mãos de mim - Eu gostaria de descansar um pouco.
Wila: Tudo bem.


Eu me virei para o outro lado, pensando no que eu deveria fazer, me virar para Wila, e foder o resto da noite, ou continuar virado para esse lado e ficando neurótico pelo resto da noite, e então optei pela 1° opção.


                                                           Continua...


-------------------------------------------------------
 Olá princesas, primeiramente, me desculpem pela demora, mas meu computador ficou ruim novamente, e ficou numa enrolação aqui em casa para levar pra consertar, mas acho que agora ta tudo bem, então, se eu demorar a postar, não queiram me matar, meu computador tem sido o único motivo que tem me atrapalhado por enquanto, me perdoem, e me contem o que acharam desse capitulo, até a próxima!

                                                             
                                                                          Ariana.

2 comentários:

Seu comentário e que me motiva a continua as fanfic's, então deixe seu comentário elogiando, criticando, dando a sua opinião, que e muito importante para mim ^^